sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Pai

Dormindo na cadeira, mas ali do nosso lado nas 18h de trabalho de parto...


Engraçado como vamos adquirindo “nomes” ao longo da vida, antes só Andriei ( filho / irmão / amigo / tio), de repente aparece uma doida na sua vida e em pouco tempo você vira marido (amor / lindo ...) e em menos tempo ainda vira pai. Como assim PAI, vou ser P-A-I? Sim pai, simples assim, pai.

Nossa quanto pai, e é só o começo você vai ouvir pai na maternidade (até terá uma pulseira personalizada de PAI), pai na pediatra, no trabalho por um tempo será o pai, pai na roda de amigos...Ih é pai pra todo lado, mas essa palavra é cheia de significados, sentimentos e vem acompanhada com uma monstrinha linda, a nossa monstrinha.

Pergunta clássica – “ E o pai, ajuda?” Ah o pai daqui de casa não ajuda, ele participa e divide, só não amamentou por que (ainda) é impossível mas acordava no meio da noite para ficar ali só de olho em nós duas, na casa de amigos e família ficava comigo sempre no lado oposto de todo mundo (nunca fui fã de amamentar no meio da galera), a Duda adora banho de chuveiro com o pai, fralda suja é trocada por ele naturalmente, dá mamadeira, papinha, frutinha, participa das consultas na pediatra, coloca roupinha (as vezes não combina muito...), coloca pra dormir... Isso para mim não é só ajuda é participação, divisão, é ter um pai perfeito (para mim e duda) por aqui...

Pai erra né? Mãe também, e voltei aqui e terminei esse post (marido vai entender), por que nossa pequena não fala ainda, mas já expressa de todos jeitinhos que ama o pai que tem, e sim um dia vai ler isso aqui e vai ter mais certeza ainda da pessoa maravilhosa que é o pai dela, por que independente de qualquer coisa você é pai, e isso ninguém nem nada tira de você, e é merecedor, o título de pai.

Te amamos, seja dia dos pais ou não... Mas Feliz dia dos Pais,rs!

Esse post ficou meio complicado, mas ta valendo...hahahah

3 comentários:

Karina disse...

Complicado? Achei simples. Simples como cuidar de uma família. Simples como entender cabeça de mulher. Simples como passar a noite acordado segurando a Duda no colo, andando pelo apartamento e acordar pra trabalhar. Enfim, simples como se desculpar quando erra. Simples como ser Redator e ficar sem palavras pra responder o post da minha "marida" em seu blog que me faz rir e ter orgulho dela (não só por isso). Resumindo, tudo é simples, a gente que complica.

PAI é um dos títulos que mais me orgulho. Mesmo porque também evitar que eu tenha que ficar repetindo meu nome (que é bem simples).

Amo vocês. Amo minha vida. Amo nossos problemas e nossos defeitos. E para gostar tanto deste lado B da vida é porque gosto muito mesmo de tudo que temos.

BJO Família. Obrigado por cuidarem de mim.

Julia disse...

Nossa que lindo!

Sabe quando vc fica sem o que dizer frente a um post e uma resposta como a que ele te deu?

Tô assim, e a única coisa que posso dizer é que a Duda tem muita sorte de ter um super pai assim, e vc tem muita sorte em ter um super marido participativo assim.

Beijos nossos

Andrea Fregnani disse...

Adorei a foto, ilustrou muito bem o pai que a Duda tem, parabéns pra ele,
bjs