quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Rotina em casa

Ou a falta dela...rs

É Dona Maria Eduarda ainda não tem rotina, tadinha a mamãe aqui, acho, quer exigir muito da pequena de 16 dias. Mas ela tem um sono pesadooooo, eu preciso colocar o despertador a noite para poder acordar ela de 3h em 3h senão ela dorme direto e eu acordo com o peito quente e meio empedrado de leite (e lógico com a consciência pesada de não dar comida para ela), banho estou dando sempre no mesmo horário, umas 16h30 – 17h, ela adora, fica super tranqüila e relaxada ( mas vou assumir que o Dri que tem dado os banhos eu dei 2 até agora, depois escrevo em minha defesa), colocamos um saquinho de camomila na água e não sei se é isso, mas tem dado efeito...

Eu ando meio perdidinha nas coisas aqui em casa, mas ta tudo andando bem, e acho que a casa continua habitável (minha mãe deixou ela nos trinques...rs), ando me alimentando bem, ou tentando, e até bolo de laranja fiz esses dias, estou entrando no ritmo de novo...

De madrugada as coisas até que estão tranqüilas, na terça minha pequena teve uma crise de gases, sim ela tem muito, e ficou acordada até as 4h30 da matina chorando, depois capotou até 10h ( sim, sei que é muito para ela dormir, mas ela tava com os olhinhos vermelhos, olheira, e eu fui amamentando nos intervalos, então com fome ela não estava, mesmo por que acordaria antes) e só acordou esse horário por que eu acordei, ela puxou a mim, prefere dormir do que comer...rs

Hoje fomos no pediatra, segunda consulta, falei dessa minha preocupação do sono dela que atrapalha as mamadas, é um custo manter ela cordada, estava com medo dela não ter engordado, massss minha pequena não só engordou como cresceu:

Peso – 2,800kg (ganho de 140g, pode e vai melhorar)

Altura – 50 cm (cresceu 4 cm, uhhhh)

A consulta foi tranqüila e esta tudo certinho com ela, tiramos algumas dúvidas (anotamos tudo em um caderninho para não esquecer na hora) e ficamos mais tranqüilos com o ganho de peso dela, agora retorno em 2 semanas...

Uma das coisas que perguntamos é se podemos furar a orelha dela, ela disse que sim, mas prefere que a gente ligue na maternidade que uma enfermeira vem até em casa para furar, por que na farmácia eles não tem tanta noção de esterilização e tal e agora não pode mais furar na maternidade...Minha orelha foi furada na farmácia com 20 dias, acredito que seja bem mais barato (a enfermeira vai cobrar o olho da cara, ou orelha, para vir até em casa) mas o Dri disse que se vamos na pediatra temos que ouvir o que ela fala ( ele vai mudar de idéia logo logo, deixa só ver o precinho da enfermeira)...então minha pequena ainda não esta com o brinquinho fofo que ganhou da minha madrinha, e eu não consegui ligar na maternidade hoje, lógico.

Alguém fez furo em suas pequenas na farmácia? Deu tudo certo?

Ahhh depois vou escrever para vocês o que estamos usando, tem umas coisas que achei que seriam inúteis e esta ajudando muito...


A foto não tem nada a ver com o post, mas tirei quando cheguei em casa, o Dri comprou essas orquídeas lindas de presente para minha volta...Amei! detalhe das trufinhas e pão de mel só para as visitas :( eu mesma não pude comer nehuminha...!

Beijossss meu e da Dudinha ( ela ta com a boquinha lindaaaaa...)

8 comentários:

Julia disse...

Oiii Kah, pelo visto td certinho com vcs duas, ainda bem!

Acho que esse lance da rotina entra nos eixos aos poucos, mas logo logo fica td certo, a transição do utero pra fora dele deve deixar o bebe doidinho, ela deve estar estranhando, e agora como tem mais espaço pra se mexer, e rolar e td mais, acho que prefere dormir toda largadinha, hehehe.

Bom saber que ela engordou e cresceu, é otimo saber que os bebes estão evoluindo, fico feliz por vcs duas!

Bjão pra mommy e bebê

Juu e Yasmin

GABI disse...

Oie, passo sempre aqui, mas nunca comentei...

Eu acho que é mais confiável vc chamar sim a enfermeira, pq orelha mal furada ou furada com produtos mal esterelizados, em uma bebezinha assim, pode trazer um problemão, e o barato vai sair caro.
Na dúvida, deixe ela sem furar as orelhas.

Quando ela crescer, ela opta se quer ou não ter as orelhinhas furadas e aí ela pede pra vc. E aí, vc leva ela na farmácia, gasta pouco e ainda tem certeza que está fazendo no corpo da sua filha algo com que ela realmente concorda. Afinal, um brinco na orelha não deixa de ser um piercing.

Rafaella disse...

Oi querida....inicio eh sempre assim...tudo enrolado mas com o tempo td se ajeita!!!Mas a rotina é muito importante....tente impor a boneca a rotina q sua vida ficara beeem mais facil!
Qto a furar a orelha...eu acabei chamando a enfermeira q na maternidade mesmo me ofereceu o servico. Com 1 semana ela veio em casa e furou. Suuuper tranquilo....qt ao preco...paguei 50 reais...salgado mas valeu a pena!
Bom espero q td se ajeite ai loguinho...
bjks
Rafa
deliciososofrimento.blogspot.com

Maya disse...

Oie!
Eu vou levar o brinquinho na maternidade (se eu lembrar de colocar na mala! hehehe)..
Acho melhor chamar a enfermeira.. vai que na farmácia dá uma infecção..
Também ouvi no curso de gestantes sobre colocar chá de camomila na aguinha, achei bem legal, deve acalmar a pele.
Bjos!

Amanda disse...

Morro de medo do primeiro mês!!!!!
Amiga, imagino a loucura que está, mas devagar as coisas vão se acertando!
Qnto a orelhinha dela, se puderem pagar pela enfermeira acho uma boa, mas existem farmácias confiáveis, basta procurar e fazer o que vc se sentir segura!

Bjinhos pra vcs!!!!

Lindinha* disse...

Que gostoso quando as coisas vão se acertando, fica tudo cada dia mais fácil...
A Alice furou a orelha com a enfermeira da Maternidade, no dia da alta, quanto antes furar melhor, a bebezinha não sofre.
A Alice tb teve muitos gases, eu cortei o feijão da minha alimentação e as crises foram embora, não sei se era isso, mas na dúvida...
bjs

Beca Bricio - Mulher que pariu disse...

oiiii
ah, na dúvida tbm tente confortá-la no sling, pois deu uma melhorada nos gases do Gui!! ele teve apenas uma crise!!! bjãooooooo

Sol & Rena disse...

Oi, estou seguindo seu blog e meu filhotinho tem 20 dias, eu entendo bem como é tentar manter uma rotina quando eles não querem! Mas a gente tem que tentar né, senão, coitada da gente também!